segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

@amandamanfre


Oi galeeeera .. boa noite!
Na semana passada mostrei pra vocês a biografia que retratava a vida do grande poeta Renato Russo, e nossa amiga @ninjuliamaria sugeriu que fosse feito também pro nosso outro grande poeta Cazuza .. Então, a pedidos, o livro “Cazuza – Só as mães são felizes” conta a história de Cazuza, desde seu nascimento até sua morte prematura e as conseqüencias de tudo isso. Embora tenha sido escrito por Regina Echeverria, a história foi contada pela mãe de Cazuza, Lucinha Araújo.


"Aos meus olhos Cazuza era um recém nascido lindo. Já aos do pai, uma decepção de tão feio, enrugadinho, uma mancha vermelha na bochecha, as orelhinhas de abano. Mas para os dois, um filho amado e desejado. (..) Aos 3 anos Cazuza ganhou uma bola de futebol de seu pai, que aquela altura tentava fazer do filho um grande esportista. Mas Cazuza, irreverente desde a infância, não chutou a bola. ‘Eu a peguei no colo e comecei a ninar feito uma boneca. Essa foi a primeira decepção que meu pai teve comigo.’ "

Lucinha Araujo relata todos os fatos marcantes de sua vida e da vida de seu único filho, o enesquecivel cantor e compositor cazuza, morto em 1990 em conseqüências da AIDS. Só as mães são felizes além de revelar detalhes surpreendentes da vida do cantor e sua relação familiar, conta com imagens raras do artista. A obra foi transformada em filme, dirigida por Sandra Werneck e produzida pela globos filmes O encontro entre Regina Echeverria e Lucinha Araujo resultou em 20 horas de gravações. Regina colocou não só ouvidos, cabeça e mãos a serviço de Lucinha, mas também seu coração, deixando-se arrebatar pela precisa memória amorosa da mãe de Cazuza. Narrado em primeira pessoa, Lucinha revela: "Passei minha vida a limpo com esse livro. Com ele, acho que posso dar um exemplo para as pessoas"


Video historico do Cazuza, zombando do repórter! rs

Related Posts with Thumbnails Compartilhe

2 comentários:

  1. Aeeeeeeeee, Cazuza, Cazuza! Adorei o post, Amanda! Muito bom!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. aeeeee, obrigaaaada! :)

    ResponderExcluir