quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Sweet Child O' Mine - Guns N' Roses

video

Siga o Blog - Siga no Twitter - Related Posts with Thumbnails Compartilhe

@amandamanfre

Hola galera!

Então, vamos falar hoje de um livro que tudo mundo que já leu, só tem a elogiar! 11 minutos, foi publicado em 2003, alcançando grande sucesso de vendas no mercado internacional e traduzido para 40 idiomas. É um livro onde Paulo Coelho conta a história de uma menina brasileira que provou desde cedo o amargo da decepção amorosa e que fechou seu coração ao amor. Atraída pela promessa de uma vida melhor, vai para a Europa em busca de uma nova vida. Torna-se prostituta, explora e esforça-se para explicar o inexplicável daquela vida. Recupera ainda a abertura para o amor ao lado de um pintor que conhece num bar e se revela um cliente especial da boate onde trabalhava.



“Durante toda a minha vida, entendi o amor como uma espécie de escravidão consentida. É mentira: a liberdade só existe quando ele está presente. Quem se entrega totalmente, quem se sente livre, ama o máximo. E quem ama o máximo, sente-se livre. Por causa disso, apesar de tudo que posso viver, fazer, descobrir, nada tem sentido. Espero que este tempo passe rápido, para que eu possa voltar à busca de mim mesma - encontrando um homem que me entenda, que não me faça sofrer. Mas que bobagem é essa que estou dizendo? No amor, ninguém pode machucar ninguém; cada um de nós é responsável por aquilo que sente, e não podemos culpar o outro por isso. Já me senti ferida quando perdi os homens pelos quais me apaixonei. Hoje estou convencida de que ninguém perde ninguém, porque ninguém possui ninguém. Essa é a verdadeira experiência da liberdade: ter a coisa mais importante do mundo, sem possuí-la.”

O livro será adaptado para o cinema e trás a atriz Alice Braga no papel principal, ao lado de Mickey Rourke e Vincent Cassel. O filme é uma produção americana, mas terá locações no Brasil e Genebra. Alice Braga interpretará uma menina ingênua que, após ser traída por seu primeiro amor, jura não voltar a se apaixonar e acaba trabalhando em um clube de prostituição de luxo, que é propriedade do personagem de Rourke. O que é uma oportunidade para os preguiçosos que não são chegados a uma leitura, conhecer essa história! Mas enquanto isso, vale a pena ler. São 11 intensos minutos.

Beijos gente, até.


Related Posts with Thumbnails Compartilhe

@ninjuliamaria

Oi gente!

Hoje vamos falar de uma coisa que vale tanto para o seu guarda-roupas, quanto pra escolhas de maquiagem, acessórios, etc.: a coloração pessoal! Primeiro só esclarecendo que não tenho tanto espaço pra esclarecer caso por caso, etc, então vamos nos ater ao que você pode fazer em casa, sem paletas de teste, nem nada do gênero. Vamos lá:

Já repararam que cada pessoa fica bem com algumas cores, e outras não caem tão bem, e às vezes chegam até deixar o indivíduo com carinha de doente? Acontece! As escolhas erradas de cores pros nossos tons de pele podem ajudar muito no nosso visual assim como podem detonar em 5 segundos todo o seu look. E o único modo de fazer essas comparações é testando mesmo. Não existe outro modo, até mesmo quando vamos efetuar uma consultoria pessoal. Então, vamos começar testando se você fica melhor com tons frios ou quentes? O mais fácil nessa primeira etapa é apelar para dourado/prateado: na luz natural, pegue um pedaço (simpático, não precisa ser grande, mas também não uma nesguinha!) de tecido dourado e coloque ao lado do seu rosto. A seguir, coloque o prateado, e compare no espelho pra ver o que fica melhor. Sempre um de cada vez pra não criar confusão na sua cabeça! Repare principalmente se a cor ilumina seu rosto, ou ao contrário te deixa apagado(a). Próxima cor, siga pra preto e marrom. E em seguida para rosa e pêssego. Se as cores que ficaram melhor foram o rosa, o preto e o prateado você tem tom de pele fria. Se foram dourado, marrom e pêssego, tom de pele quente. Dentro disso, trabalhe as cores de modo a perceber qual tonalidade de cada uma delas te valoriza mais: por exemplo, o que fica melhor, azul turquesa ou azul índigo? Rosa queimado ou fúcsia?, e assim por diante. Ta, amygha, agora significa que eu não posso usar mais essas cores que não ficaram bem em mim? Não! Obvio! Pode usar sim, só que o recomendável é que seja em peças e acessórios que não fiquem muito perto do rosto, como em calças, pulseiras, sapatos, etc. Tudo o que fica perto do rosto, incluindo sua maquiagem, vai possivelmente ficar desastroso, e pode te deixar com aspecto alaranjado total, por exemplo!

Cuidado geral e irrestrito com o branco: todo mundo sabe que branco é um só e pronto e acabou, certo? Errado! Existem subtons de branco, como o gelo, o off-white-branco puro, etc. Para saber o branco ideal para sua pele, só testando em luz natural para ver o que apaga e ilumina.

Dentro disso, vamos sempre lembrar que quando nossa pele muda de tom (quando ficamos bronzeados, por exemplo) isso tudo pode mudar. Toda mudança de tom de cabelo também (não obrigatioriamente vai, mas que pode pode!), então sempre que acontecer, faça seu testezinho novamente. Não custa muito, e economiza horrores de tempo na hora em que você vai comprar uma roupa e não sabe se leva o marrom chocolate ou o marrom avermelhado!

Beijocas

@ninjuliamaria

Related Posts with Thumbnails Compartilhe

@shibatiana e @tatyportilla

Oi galera, hoje a matéria é em dupla, @shibatiana e @tatyportilla, juntas, falando sobre algo que nos deixou muito chocadas, pois somos adeptas às tão faladas “pulseirinhas do sexo”. À primeira vista, uma colorida pulseira de plástico nos pulsos de crianças (para Taty, nem somos tão crianças assim) parece inocente, mas na realidade elas são um código para as suas experiências sexuais, onde cada cor significa um grau de intimidade, desde um abraço até ao sexo propriamente dito. Cada cor representa uma ação, desde dar um beijo até fazer sexo. Andam uns atrás dos outros nos recreios das escolas, na tentativa de rebentar uma das pulseiras. Elas no Brasil já viraram uma febre.
Significado das cores:

* Amarela – é a melhor porque significa da um abraço no rapaz;
* Laranja – significa uma “dentadinha do amor”;
* Roxa – já dá direito a um beijo com língua;
* Cor-de-rosa – a menina tem de lhe mostrar o peito;
* Vermelha – tem de lhe fazer uma lap dance;
* Azul – fazer sexo oral praticado pela menina;
* Verdes – são as dos chupões no pescoço;
* Preta – significa fazer sexo com o rapaz que arrebentar a pulseira;
* Dourada – fazer todos citados acima;





Realmente, a infância de hoje já é não como a de antigamente.
Eu e a Taty somo da época em que criança era criança de verdade mano! Eu (Duda), brinquei de boneca até os 12 anos (vergonha) e as meninhas de hoje quase nem brincam de boneca. Triste, porém a realidade.

Beiijos povo, e até a próxima matéria!

Related Posts with Thumbnails Compartilhe

@miapalenza

Preparei um super texto sobre o Espírito do Natal para postar aqui...nele escrevi sobre as crianças, que na minha época tinham entre 0 à 15 anos...agora inventaram a tal da adolescência...mas isso é outra história. Enquanto redigia meu post, lembrava de como nos preparávamos para o Natal. Esperávamos pelo "Papai Noel", e mesmo sabendo que ele era o pai ou tio de alguém, sonhávamos e nos divertíamos inocentemente. Colocávamos presentes em volta da árvore...algumas caixas não tinham nada dentro, eram somente para parecer que haviam muitos presentes...mas na verdade cada filho ganhava um presente apenas. Ninguém queria ganhar roupas...o legal era ganhar aquela Barbie que ninguém no Bairro ou na Escola tinha, ou então um Ferro rama...aquele que depois de montado, ninguém mais andava pela sala??! rs... Lembram-se daquela tia que saía distribuindo presentinhos pra todo mundo??? Se ela ainda fizesse isso hoje, seriam todos da lojinha de R$ 1,99 do Chinês. Como o Natal era legal!! Crianças eram crianças, os pais eram os pais e Papai Noel era o "cara" mais legal do Bairro. Bons tempos aqueles...íamos para a igreja...e na volta, agradecíamos em volta da mesa a cesta de Natal que o "pai" tinha ganhado na firma. Natal para quem era metalúrgico naquela época era farto...muito farto. Mas os anos foram se passando...e o Espírito de Natal... Peraí?!!! Espírito de Natal????? Onde??? Quando??? As crianças estão estranhas...não querem mais ser chamadas de crianças...e pelo que eu sei...passam a noite de Natal enchendo a cara! Não sei a que isso se deve, mas dizem que o Espírito de Natal morreu porque alguém que não tinha o que fazer, decidiu contar para as crianças toda a verdade sobre o "bom velhinho". Contaram que Papai Noel é uma invenção da Coca-Cola e que ele só existe, para vender mais refrigerantes no Natal. Pois é!! E não para por aí... Lembram-se do velho e bom amigo secreto?? Havia vários...na escola, com a família, na vila...eram muitos amigos secretos. Mas agora esqueçam, um adolescente me contou, que fazer amigo secreto é "pagar mico". O que está pegando agora é a tal da "pulseirinha do sexo". Mas isso também é outra história. Bom gente!!! O Natal está aí...se Feliz ou não...se solitário ou com a família...lembrem-se: o Natal só existe porque Jesus nasceu!!! Vamos aproveitar esta data tão especial para uma breve reflexão...façamos o bem...queiramos bem a todos...e se você puder... não dê presentes...distribua o amor, a compaixão e a amizade!

Beijos a todos! Feliz Natal!

Related Posts with Thumbnails Compartilhe

@alucinomatto

Então, hoje usei um site bem legal para fazer um vídeo de Natal com o pessoal que mais tem postagens aqui no blog... @PauloLima147, @ninjuliamaria, @amandamanfre, @_brunninhaa e eu @alucinomatto. O site é o http://sendables.jibjab.com/

Related Posts with Thumbnails Compartilhe