quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

@ninjuliamaria

Olá pessoas, voltei!

Hoje eu pretendia iniciar a parte de beleza, porque andaram me pedindo algumas dicas de maquiagem levinha para natal e ano novo, daquelas acordei linda e nem passei nada pra ficar assim! Maaaaaaas como eu ainda não consegui me entender com a parte de vídeo/foto, eu não acho que adianta muito fazer, escrever como faz e não mostrar né? Então continuando no meu tema moda para final e começo de ano, eu queria compartilhar com vocês algo que eu mesma faço todo ano, e este ano em especial o babado está bombando porque minha casinha foi reformada e eu fui expulsa pra isso, e agora retornei e estou pacientemente reagrupando meu guarda-roupa! Confesso que geralmente arrumo meu guarda-roupa algumas vezes mais no ano... se eu estiver então muito nervosa / triste com alguma coisa, e necessitar pensar muuuuuuito, eu arrumo! Uma amiga minha diz que é meu TOC, mas que seja... pelo menos nada fica fora do lugar rsrsrsrsrs Vamos então ao tópico de como deixar seu guarda-roupa mais feliz para 2010:

Primeiro de tudo, duro, mas necessário: derrubar todo o armário pra fora. A tia sabe que é um ó pra quem não tem lá grande tempo, mas é um mal necessário. Por quê? Quando arrumamos nosso guarda-roupa sem retirar as coisas pra colocar de volta no lugar, nunca olhamos direito todas as peças e corre-se o risco de simplesmente passar por cima das peças sem efetivamente retirar as que não agradam ou não servem mais... e o resultado é um guarda-roupa entulhado de coisas que não fazem mais sua alegria e problemas toda vez que olhar pra ele e sentir que não tem mais o que vestir! Então mãos à obra! Derrube tudo sem dó!

Segundo ato da saga do guarda-roupa: separar direitinho onde cada coisa será guardada. Não sei vocês, mas eu necessito saber qual exatamente é a gaveta dos pijamas, a das camisetas e blusas, e por aí vai... Assim, quando você for verificar todas as peças, já pode separar por tipos de roupas e organizar seu guarda-roupa mais facilmente!

Terceiro ato: Provar tudo! Tudo mesmo! E provando, olhar-se no espelho e ver se está bom de frente, de costas, se não está, se tem necessidade de fazer algum ajuste ou reforma, e mais importante, se a peça ainda se encaixa no seu estilo pessoal e de vida! Pode ajustar? Vai pra pilha de ajustes. Não tem como, mas é aproveitável, está em boas condições e não faz mais seu estilo? Vai pra pilha de doação!

Já provou tudo? Ótimo! Então vamos para a arrumação em si. Geralmente antes dessa fase todo mundo diz que é necessário separar o que é roupa de inverno e o que é de verão, e alocar em fácil acesso as que são dessa estação e guardar as outras separadas. Eu não vou colocar esse item aqui, simplesmente porque acredito que hoje em dia nossa marcação de verão e inverno está meio furada né? Então em substituição, vamos separar primeiro as peças que não usamos com freqüência, por exemplo, um casaco de pele (fake eu espero, né fashionista? Pois é!) se você mora em uma cidade em que o frio não chega nunca ser mais que um ventinho geladinho no fim do dia. Todas essas deverão ser separadinhas, e alocadas em um local separadinho das outras peças, juntamente com produtinhos anti-mofo e anti-traças (que a gente hoje compra em qualquer lugar), porque prevenir é sempre melhor que remediar. Eu costumo guardar em saquinhos de TNT por tipo de coisas, como blusas de lã, duas por saquinho, e colocar em uma prateleira acima do espaço de pendurar roupas do meu armário. Mas cada um pode bolar o seu!

Próxima etapa: o que vai ser pendurado, e o que vai ser colocado em gavetinhas. Para pendurar tudo direitinho, o recomendável é que você tenha cabides bonitinhos iguais, para que se guarda-roupa fique mais organizadinho, facilitando pra você quando olhar pra ele e identificar a peça que está procurando. E usar sempre o cabide apropriado pra cada tipo de peça. Exemplo: para homens, suponhamos que sejam todos de madeira, você vai precisar de cabides para camisas e blusas em geral, outros para os ternos, outros para as calças avulsas, outros para as gravatas, e assim por diante. Ao pendurar suas peças, observe sempre uma forma de deixar o guarda-roupa organizado por algum tipo de critério. Eu uso de cores (branco para preto, com as escalas de cores no meio) e de tipos de roupas (calças em escalas de cores, depois blusas em escala de cores, depois casacos em escala de cores, e assim vai), mas cada um utiliza o modo que lhe for mais fácil e conveniente. Nas gavetas, a mesma historia. Dobre tudo certinho e faça rolinhos das roupas para acomodá-las sem que elas amassem.

Tudo isso feito, parta para os sapatos e refaça o mesmo processo do guarda-roupa. Depois dos sapatos, crie mais coragem e ataque os acessórios, porque siiiiiim, acessórios também tem prazo de validade de estilo. Pode ser que você tenha guardada uma bolsa que sabe que não vai usar nunca mais na vida, então passe pra frente, exercite seu desapego, e mantenha-se firme garoto(a)!

Prontinho, terminou tudo? Hora de pegar tudo o que você separou pra ajustes para a costureira de sua confiança para verificar se podem ser feitos e providenciar as costuras e as reciclagens das peças. Isso providenciado doe tudo o que foi separado para tal! Agora já pode comemorar o guarda-roupa novo, mais fácil de ser visualizado, verificando as peças que faltam nele, e fazendo sua listinha (a nossa famosa listinha, eu adoro listas rsrsrsrsrs) para não sair com um monte de roupas não tão válidas da próxima temporada de compras no shopping ou bazar de sua escolha!

Estive pensando em certo tempo sobre escrever esse post, porque acredito que quando mudamos nosso guarda-roupa inconscientemente passamos a nos ver de outro modo. Volta e meia todo mundo se vê olhando pra uma peça de roupa no armário e se perguntando porque exatamente você tem aquilo ali. E acho que é assim como tudo na nossa vida. Então hora de começar sua faxina e deixar pra trás tudo (tudo meeeeesmo) o que não cabe mais na sua vida! Mãos à obra, amores!

Beijocas

@ninjuliamaria

Related Posts with Thumbnails Compartilhe

Um comentário:

  1. eh hoje heim tia...continua escrevendo muito bem

    ResponderExcluir